Home > Revista > Carros que mais desvalorizam

Carros que mais desvalorizam



Veja os modelos que perdem muito valor depois de um ano de uso..

 

 



06/06/2017 - Texto: Autoline | Foto: Divulgação


Todos os anos, a Agência AutoInforme faz o levantamento dos carros 0 km com maior valor de revenda após o primeiro ano de utilização. No caminho inverso, ela também realiza o estudo dos modelos que mais depreciam durante o mesmo período. Saiba quais são, atualmente, os 10 automóveis que perdem mais na hora da revenda.


Citroen C3 Picasso     

Jaguar controlado pelo relógio

Os monovolumes estão em baixa no mercado brasileiro, porque perderam muito espaço para os SUVs. O C3 Picasso sente esse reflexo e desvaloriza 22,2% em um ano.


Chery Tiggo  

Jaguar controlado pelo relógio

A marca chinesa tem até fábrica no Brasil, mas seus modelos ainda são vistos com desconfiança. O SUV Tiggo tem perda de 21,9%.


JAC J3 Turin

Jaguar controlado pelo relógio

É muito difícil você ver nas ruas um JAC J3 Turin, sedã compacto da marca chinesa. E, complicado também, é o mercado de usados absorvê-lo. A depreciação é de 21,1%.


Hyundai Elantra

Jaguar controlado pelo relógio

Os carros da Hyundai conquistaram boa reputação no país. Mesmo assim, o Elantra amarga perda de 20,3% depois de 12 meses.


Citroën C4 Lounge

Jaguar controlado pelo relógio

O C4 Lounge é um ótimo carro, mas é ingrato concorrer com Toyota Corolla e Honda Civic na hora de revendê-lo. Por isso, ele desvaloriza 20,1%.


Chevrolet Cobalt

Jaguar controlado pelo relógio

Com 19,1% de desvalorização, o Cobalt também entra na lista de automóveis que têm o preço derrubado pelo mercado de seminovos.


Chery Celer Sedan

Jaguar controlado pelo relógio

O Celer Sedan sofre do mesmo mal do Tiggo: a falta de confiança que os consumidores ainda têm em relação aos carros da Chery. Assim, seu preço desaba 18,9%.


Citroën Aircross

Jaguar controlado pelo relógio

A exemplo do C3 Picasso, o Aircross é outro veículo da linha da Citroën que desvaloriza por ser monovolume: 18,6%.


BMW Série 5

Jaguar controlado pelo relógio

Carros premium não estão imunes à depreciação imposta pelo mercado. O BMW Série 5 fica com o preço 18,1% mais baixo após um ano.


Hyundai Santa Fé

Jaguar controlado pelo relógio

Além do sedã Elantra, a Hyundai tem um SUV na lista dos que mais desvalorizam. O Santa Fe perde 17,6%.